passarola quer voar: Fevereiro 2010

segunda-feira, fevereiro 22

*“Livros e mais livros!”

Ontem fui com a minha sobrinha ao lançamento da colecção nova da Sara e tropecei no livro novo do Afonso.

Quanto ao da Sara, a minha sobrinha não quis esperar muito e tivemos de lê-lo logo mal chegámos a casa dos meus pais para almoçar, pois com certeza!!! E ela lá ficou toda contente com o seu livro novo com uma dedicatória da Sara e uma boneca dela desenhada pela Cristiana Resina. :))


“A Maria e o Sebastião encontram debaixo da sua cama um extraterrestre que se tinha perdido dos pais enquanto a família fazia uma viagem pelo espaço. O Forminhas - assim se chama o extraterrestre da nossa história - pede à Maria e ao Sebastião que o ajudem a voltar para casa, que fica na galáxia das Formas, onde cada planeta tem uma forma diferente!”
do livro: Maria e Sebastião Exploram o Universo e Aprendem as Formas.
Podem encontrá-lo aqui.

O do Afonso trouxe-o comigo e hoje ao fim da tarde abri-o pela primeira vez, só para ler um bocadinho antes do jantar. Fui-me perdendo por entre os livros que devoraram o Vivaldo, só consegui parar no fim e, como o Elias, também eu acabei por chegar atrasada ao meu jantar!!!! :)

“Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que leva romances e novelas para a repartição de finanças onde está empregado. Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se na leitura e desaparece deste mundo. Esta é a sua verdadeira história — contada na primeira pessoa pelo filho, Elias Bonfim, que irá à procura do seu pai, percorrendo clássicos da literatura cheios de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras.”
Podem encontrá-lo aqui.

Recomendo!!!!!

*título do post roubado ao título do primeiro capítulo do Os Livros que Devoraram o Meu Pai :)

Etiquetas: , , , ,

sexta-feira, fevereiro 19

A Criatura do Poço – 4

- Pára o carro. Estás nervosa demais para guiar.
- Não estou nervosa. Só quero chegar lá depressa.
- Não percebo porque é que quiseste vir… Ainda por cima no teu estado, já devias estar de licença.
- Não vou largar este caso enquanto não perceber o que é que se está a passar.
- Estás a correr riscos desnecessários…
- O que é que isso te preocupa? Já te disse que não és tu o pai…
- Eu também sei fazer contas. O que eu não percebo é como é que não vi que estavas grávida…
- Coisas…
- Já tinhas de estar com uma barriguinha… Mas por mais que puxe pela memória, não vejo nada saliente ou fora do lugar no teu corpo… Antes pelo contrário… Hummm…
- Pára com isso!
- Porquê? É uma bela memória…
- Já te disse para parares com isso! Temos um caso bem mais sério para resolver.
- Ok. E o que é que estás à espera de descobrir aqui?
- Alguma resposta. Porque é que os poços aparecem? O que é que está lá em baixo que faz desaparecer em poucos segundos a estrutura de um ser vivo. E o que quer que esteja lá em baixo, o que é que quer de nós?
- E achas que vais ficar a saber? Temos os mais brilhantes cientistas a trabalhar nisto e ainda não descobriram nada…
- Mas agora temos os óculos…
- …Que ainda não foram testados. Eu não vou olhar lá para baixo e acho que devias fazer o mesmo. Aliás, acho um disparate virmos antes da brigada que vem tapar o poço e recolher os corpos.
- Eu preciso de saber o que é que está lá em baixo.
Pip pip pip pip pipipipipipip
- Estamos perto. Há ali uma saída nessa direcção. CALMA! Vai mais devagar! Queres matar-nos?
- Agora, nem pensar…
- Mete na cabeça que não vamos ficar a saber muito mais do que já sabemos. Foram encontrados nove poços de pedra em nove pontos distantes do país. Sabemos que quem olha lá para baixo fica com o corpo completamente lixado e no entanto continua vivo. Todas as criaturas… quer dizer, pessoas, encontradas por perto só conseguem balbuciar coisas sem sentido sobre os poços, embora os cérebros se mantenham aparentemente com a actividade normal. Sempre que se tapa um poço, passado uns dias, aparece outro…
- Desta vez, nós vamos conseguir chegar antes que o tapem e com os óculos vamos descobrir o que é que se esconde ali…
- Vais. Eu não vou olhar lá para baixo, gosto muito do meu corpinho…
- Não te preocupes. Já tinha percebido que não podia contar contigo.
- Eu vim contigo, não te queixes.
PIPIPIPIPIPIPIP
- Chegámos. Toma. Leva também uns óculos. Pode ser que te dê um acesso de boa vontade.
- Acho que vais preferir que me mantenha sólido para te poder levar de volta depois de olhares lá para baixo.
- Isso não vai acontecer…
a ser continuada

Etiquetas: , ,

sexta-feira, fevereiro 12

Hoje e amanhã no Lux há Panda Bear!!

Um punhado de músicas novas, uma ou duas das antigas...



try
try to tell me how to do it
only because i'm new to it
coolness is having courage
courage to do what's right
i'll try to remember always
just to have a good time
try to show me that you know me
do you know what coolness really is?
winning is what you want to
but you're scared to go forth
you try to remember always
always to have a good time
good time
try and have a softer inside
shut up boy and be a soldier
coolness is having courage
courage to do what's right
try to remember always
just to have a good time
winning is what you want to
winning but you're scared to go forth
try to remember always
always to have a good time
good time <3

Panda Bear_ Comfy in Nautica

Até logo!!! :))

Etiquetas: , , , ,

segunda-feira, fevereiro 1

Era uma vez uma pulga...

... a minha primeira experiência Bookessiota resultou assim...



e tirando a pequena fortuna gasta no cachet da pulga contratada para a sessão de fotografias, mais maquilhagem, vestido novo e dois pares de sapatos de salto alto!!!, a coisa até foi gira de fazer ;)

e depois de uma experiência animada com caracóis, uma experiência pseudo-literária com pulgas... animais de pequeno porte, cuidado comigo!!! :P

Etiquetas: , , , ,