passarola quer voar: Janeiro 2009

sábado, janeiro 31

Ontem foi a minha primeira saída à noite…

… desde que o Amon está cá em casa. Quando cheguei, tinha um gato furibundo a olhar para mim…

- Mew! Isto é que são horas, dona? Achas isso bem? Deixas-me aqui sozinho com estes monstros todos! E chegas assim, a tresandar a álcool e a tabaco! Por onde é que tu andaste até estas horas? E com quem? Foi com aquela… aquela que me soprou para o focinho? Não viste que eu não gostei nada disso? E eu bem vos ouvi, às duas a rirem-se às gargalhadas. Devem ter achado muita piada, ao susto que eu apanhei. Agora queres dormir, queres? Tivesses vindo mais cedo. Agora não quero nada contigo. Mew! Mew! Mew! MEEEEEEWWWWWW! O que é que já estás a fazer deitada? Não vês que eu estou zangado? Não penses que vais dormir! MEW!! Agora tens de vir pedir-me desculpa. Então? Estou à espera! Não vens… então vou saltar-te para cima da cama, mas não é para ir para ao pé de ti, é só para veres melhor como eu estou zangado. Olha, olha para mim de costas para ti…

Foi uma animação, conseguir que ele me perdoasse e deixasse dormir! :P
Hoje, programo uma noite inteira a brincar com uma rolha atada a um atacador só para garantir que não há mais zangas neste fim de semana… :)

Etiquetas:

sexta-feira, janeiro 30

E para começar bem o fim de semana…

... hoje há Donas de Casa no Europa…


Bora lá! :)

Etiquetas: , , ,

Gosto tanto disto.....



Final Fantasy_ Horsetail Feathers

Etiquetas: ,

quinta-feira, janeiro 29

Distracções mimadas

Quando a meio de um diálogo que estamos a escrever, acontece aparecerem uns…

prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
– Nem trouxe nenhum jogo, foi tudo tão de repente…
– A Isabel tem mais sorte… tem os jogos do telemóvel… prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
– Não sei o que é que ela é mais que nós para ter direito a um telemóvel e nós não.
– Mais velha… pfuuuuu…
prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
– Vamos irritá-la.
– Boa!
prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
– Não sabes que não podes usar aqui o telemóvel? – disse o Afonso, mal se aproximaram da irmã.
– Porquê… porque tu dizes? Prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

isso é… uma bolinha de pêlo ao colo!!! :)

Etiquetas:

quarta-feira, janeiro 28

Slumdog Millionaire

Gostei. Achei engraçada a forma como a história está contada, partindo de perguntas de um “quem quer ser milionário” indiano, para nos contar a história da vida da personagem. Depois é uma história de amor, depois tem as cores da índia, depois tem uma bela banda sonora, depois é um belo filme para se ver numa noite de inverno com um motorzinho de mimo, ao colo. Prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr miaurrrrr

Etiquetas: , , ,

sexta-feira, janeiro 23

Mais um vídeo fantástico da autoridade BPA

Aqui ninguém se despe (lembram-se, do vídeo para aquecer as temperaturas?) mas há murros e cotoveladas. E o Iggy Pop está lindo...



The BPA_He's Frank (Slight Return)_Feat. Iggy Pop

Etiquetas: , , ,

Vai uma gasosa?

Já há algum tempo que estou para falar aqui do Vai uma gasosa?, não é tarde nem é cedo. Descobri-o através do Grandes Sons e fiquei logo fã. Desde que o comecei a visitar que fui gostando cada vez mais, não só por me identificar com os gostos do gasosas, mas por ser um blog muito informativo com muitas rubricas interessantes. A informação sobre música é bem tratada e apresentada. Adoro o “temos o burro nas covers” do Señor Canardo, a “Eucaristia Dominical” sempre aos domingos, claro, e o “Faster, pussycat! Kill! Kill!” deixa-me sempre com vontade que existisse por aqui uma sala de culto a seguir as sugestões do Ferna e a provocar as febres cinéfilas que ele conta. Depois, além da música e do cinema, ainda há Artes plásticas e Street Art… Isto para não falar dos passatempos. (Este, acaba já amanhã, por isso, despachem-se se querem ganhar este fantástico livro Pitchfork 500).
Adoro a garrafinha de gasosa que aparece no browser, pelo menos para quem usa firefox!!! :)
Com um bom leque de colaboradores, o Vai uma gasosa? tornou-se rapidamente um vício e o gasosas um bom amigo.
Foi por isso que fiquei muito contente quando me disse que ia ser entrevistado pela Raquel Bulha, para o Borda de Água da Antena 3 e é por isso que não podia deixar escapar esta oportunidade para vos sugerir esta gasosa fresquinha e rica em vitaminas! A entrevista centrou-se no mapa de salas de concertos de Portugal, projecto do gasosas em parceria com a Trompa, Rascunho.net e Hugo Lopes. Vai passar amanhã às 10 da manhã, na Antena 3, e depois também estará disponível no Vai uma gasosa?
Vale a pena ouvir, vale a pena beber umas gasosas por dia. Vão lá espreitar e digam lá, se não vai… :)

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, janeiro 21

ESPERA!!!

Não é nada a última música antes de ir dormir!! Isso era antes de ter visto isto...



Animal Collective_My Girls

e isto...El Guincho_Bombay

Etiquetas: , , , ,

Antes de ir dormir...



Eddie Vedder_Guaranteed

Etiquetas: , , ,

segunda-feira, janeiro 19

The Black Cat

Porque se comemoram os 200 anos do nascimento de Edgar Allan Poe e porque vou finalmente ter um gatinho… e vai ser preto… só podia… :) aqui fica uma sugestão para a noite de hoje…



“The Black Cat, set in 1840 Philadelphia, has the great writer Edgar Allan Poe, struggling with alcoholism, writers block, as well as being out of ideas, short on cash, and tormented by his wife Virginia's black cat that will either destroy his life or inspire him to write one of his most famous stories”

Etiquetas:

quinta-feira, janeiro 15

A Resistível Ascensão de Arturu Ui

É uma peça de Brecht que esteve na Culturgest, há uns meses atrás, esgotadíssima. Tentei comprar bilhete com alguns dias de antecedência e já não havia nada. Este fim de semana vai estar no Teatro Municipal de Almada, no Sábado às 21h30, no Domingo às 16h e diz que quem for muito rápido a fazer a reserva para o mail truta.associacao.cultural@gmail.com, ganha um desconto e o bilhete normal de 13 € fica a 7€! Eu enviei agora mail, ainda não recebi resposta. Mas, independentemente de se conseguir desconto, vale a pena ir ver. Podem espreitar um vídeo de apresentação dos gangsters e procurar mais informação, aqui.

Quem vem comigo? :)

Etiquetas: , ,

terça-feira, janeiro 13

De volta ao “Para cima e não para norte”

“(…) Estavas tão preocupado em reportar notícias de ti próprio, tão ocupado a fazeres de ti próprio, que começaste a precisar de um olhar em todo o lado.
Já não podias viver sem ser visto. (…)”

Nunca pensei levar tanto tempo a ler este livro, como levei. Fanzíssima da Patrícia Portela, sempre achei que uma hora depois de me ter chegado à mão já o tinha terminado. Isso não aconteceu e encravei ali em muitos momentos. Talvez por já acompanhar o projecto desde a primeira apresentação dramatúrgica e achar que ao vivo funcionou muito melhor. Mas é verdade que continuo a recomendar que o comprem. Não só pela ideia da história, como pelo objecto livro, que é absolutamente original e comunicativo de formas que os livros planos (para adultos), normalmente não são. Adorei as vozes que se ouviam, as correntes de ar ao virar da página, a dobra falsa da página que fazia parte da história, as barrinhas da prisão (um dos momentos onde encravei mais) o teletexto do noticiário (definitivamente o momento que demorei mais a ler até ao fim), toda a organização gráfica em geral. É um livro de uma criadora original, que arrisca e que espero que continue a arriscar. Eu vou estar lá para ver, comprar e ler.


E no fundo, tenho pena de não ter sido raptada pelo homem plano…

Etiquetas: , ,

Empadas de inimigos!

Ora que bela ideia. :)



Depois de finalmente ver a versão Sweeney Todd, Tim Burton, fiquei com vontade de espreitar versões mais antigas, e em palco, para comparar. Claro que o universo Tim Burton é universo Tim Burton, irresistível. Ele conseguiu tirar o melhor negro do negro, as personagens, os ambientes, as litradas de sangue a jorrar por todos os lados. É absolutamente maravilhoso! Mas também vale a pena espreitar esta versão de 1982, toda partidinha em partes no you tube, e com belos momentos musicais. Acho que aqui e ali, uns arranjinhos que compensassem a falta de voz do Johnny Depp, não tinham sido mal pensados ;)

Etiquetas: , , ,

A minha vida num minuto

Olho para o gestor de conta enquanto aguarda a minha resposta e vejo-me a cozinhar nessa bancada com vista para o rio. Nos últimos três anos devo ter visto centenas de casas, muitas em fotografias, muitas ao vivo. Porque é que eu tinha que me apaixonar agora? Porquê agora? Olho para o meu pai, sentado ao meu lado com um olhar optimista e percebo que ele ainda não percebeu. Ou não quer perceber. Que loucura..o que é que eu estou aqui a fazer? E o gestor de conta à espera… mas eu já não o estou a ver…

Amor à primeira vista, uma necessidade de fugir ou…um sinal de que vai tudo correr bem? Amor. Foi amor. Assim que lá entrei, por acaso, e vi toda aquela luz a invadir as janelas que preenchem as paredes de todas as divisões, eu senti que ali era o meu lugar. Aquela era a minha casa!

Timidamente subi as escadas improvisadas que levavam ao pequeno sótão ainda em construção e fui automaticamente atraída para A Janela. A Janela com que sempre sonhei. Abri-a devagarinho e fiquei ali com a cabeça de fora, preparada para levantar voo… com uma enorme perspectiva sobre todas as histórias que ainda iria escrever… contos, livros, guiões, peças de teatro… Aqui vai ser o meu pequeno estúdio e zona de lazer. Encaixei o meu sofá cama mesmo ali por baixo, de forma a que sentada, ficava a ver os telhados a debruçarem-se para o rio e deitada… ah! deitada, ficava a ver as estrelas, mesmo por cima da minha cabeça.

Porque é que não pode ser assim? O que é que eu fiz de errado?

O meu pai, ao olhar para a planta da casa, perguntou-me se não seria pequena para os dois. Pequena? Se calhar o problema era esse. Andei muito tempo à procura de casas para dois quando devia estar a ver casas para um… Por isso é que só agora a encontrei. Tenho vontade de dizer-lhe isso, de explicar-lhe que não era suposto ficarmos juntos… que todos os sinais nos diziam o mesmo e só nós é que não queríamos ver. Foi amor, porque a casa era só para mim e assim é que tinha que ser… E o gestor à espera da minha resposta e os olhos do meu pai, optimistas.

Volto a olhar para a listagem de documentos a apresentar e tenho vontade de rir ao pensar no extracto da minha conta bancária nos últimos meses.. Como é que isto aconteceu? Estava tudo a correr tão bem..este ano ia ser tão bom, ia ter tanto trabalho e agora… como é que foi? O que é que eu fiz de errado? Confiei demais? Não, eu nunca parei de trabalhar, mas… estava tudo a correr tão bem. Antes do verão começar tinha tantas confirmações, tanto trabalho pronto a arrancar no final do verão… e o verão acabou e… nada. Passou-se um mês e as colocações dos professores, dois meses e os cortes de orçamentos, três meses e as guerras com a ministra… e OQUEÉQEUTENHOAVERCOM ISSO? Porque é que EU é que tenho que pagar?

E os olhos do meu pai confiantes… no contrato de trabalho Dele. Dele? Sim… ainda lhe posso pedir para assinar outro contrato comigo, mesmo que seja só a fingir, como têm sido os últimos meses do nosso casamento. Que ironia, nunca dependi dele para nada… até agora, que era suposto já não estarmos juntos. Tudo por causa das colocações dos professores, dos cortes nos orçamentos e das guerras com a ministra. Dez anos! Dez anos de crescimento profissional, dez anos de independência financeira e agora… obrigada a pedir-lhe o cartão emprestado para poder ir ao supermercado.

Um amor? Uma fuga? Ou... um sinal de que vai tudo correr bem? O que é que esta casa significa para mim? O Gestor de conta congelado à espera da minha resposta e os olhos do meu pai sem quererem ver. Sim porque é impossível que não saibas, a mãe já te deve ter dito qualquer coisa. As mães sabem sempre, mesmo antes de nós… e tu gostas tanto dele. Mas eu e ele já não somos casados. Partilhamos uma casa, uma mesa, uma cama… e agora até um cartão multibanco, mas já não somos casados.

O Gerente de Conta congelado e eu sem saber por que é que estou ali…

Ou sei, preciso de um sinal de que vai tudo correr bem. As coisas vão resolver-se, o trabalho vai voltar e vou poder pagar a prestação desta casa. Todo o meu trabalho não pode ter sido em vão. Tantos anos, e o que é que eu tenho agora. Sinto uma enorme vontade de chorar mas os olhos do meu pai…

Volto a olhar para as simulações, prestações, spreads e quero dizer a verdade. E a verdade… a verdade é que eu não tenho nada. Daqui a 3 meses faço 33 anos de vida e o que é que eu conquistei? O que é que eu tenho de meu?

Se eu perguntasse ao gerente de conta, sei o que ele me respondia… Nada! A tua vida não vale nada! Fazia-me uma festa na cabeça e mandava-me embora… E eu sinto uma enorme vontade de chorar, mas o meu pai está tão confiante… e aquela casa. Porque é que eu tinha que a encontrar agora?

O meu minuto está a acabar-se. Vou ter que dizer qualquer coisa. Dou-lhe a resposta que quero dar… digo-lhe que sim, combino um dia da semana que vem para trazer todos os documentos assinados, forço um sorriso… sinto as lágrimas a quererem trepar-me para os olhos e a angústia a apertar-me o peito. Finjo que não sei que estou a mentir, que o meu casamento não acabou, que não sei que não posso ter aquela casa, que os milagres não existem e que eu nunca a devia ter encontrado… não agora…

O Gerente de Conta e o meu pai comemoram este grande passo na minha vida e eu, eu com uma enorme vontade de chorar e a certeza de que é por amor… por amor à casa que não posso ter.

Etiquetas: ,

segunda-feira, janeiro 12

Ora aí está...

o vídeo certo, para entrar no espírito certo, para me transportar de novo para a minha história, depois de um fim-de-semana de pausa...



Fever Ray_ If I Had a Heart

Etiquetas: , ,

sexta-feira, janeiro 9

"10 anos "bêbados, a cuspir e a tocar tudo menos música"!!!"

É a festa de anos dos Los Santeros e a festa vai ser grande!
Com Los Santeros + buéda convidados especialíssimos + Boy named Sue, só pode!


Bora ao Barreiro dar-lhes os parabéns! ;)

Etiquetas: , , , ,

quinta-feira, janeiro 8

Hoje, não há lugar mais quentinho para estar à noite...

E porquê... porque são os Nobody’s Bizness e está tudo dito.

Bora lá! ;)

Etiquetas: , , ,

terça-feira, janeiro 6

pausa para abanar a anca...

e aquecer um bocado o frio...



The Very Best_Kamphopo (official Malawi Pride Video)

Etiquetas: , ,

sábado, janeiro 3

2009.

Começou bem... :)

Etiquetas: , ,