passarola quer voar: Junho 2007

terça-feira, junho 26

Hoje, o pior momento do dia...

... dos vizinhos dos meus pais, foi provocado pelo Nuno Galopim...


... é irresistível, quando a ouço... não consigo deixar de esganiçar a voz e tentar cantá-la!! :S

Entretanto, já sabem... se vierem aqui à minha procura nos próximos dias... não estou!!! Eh eh eh eh!! Hasta... :)

segunda-feira, junho 25

Podia estar triste, podia...

... com um apertozinho no coração, uma angústia de estômago, um sofrimento de alma... Afinal, acabei de saber que por falta do envio, pela vendedora, de umas cartinhas para a câmara e para o IPPAR a rrrraaaiisqqfkkk da escritura da minha casa que era já amanhãzinha de manhãzinha, ainda vai ser adiada mais duas semanas. Desde o rrrraaaiisqqfkkk de Fevereiro que andamos neste empata e adia por causa de alguma rrrraaaiisqqfkkk burocrática...
Significa isto que só tenho o dinheiro para pagar os senhores das obras daqui a duas semanas, significa que eles podem muito bem deixar mais umas semanitas em stand by a minha obra (já esteve uma semana parada exactamente por isso)... Significa que nunca mais posso dar uma data exacta aos ikea para me irem montar a cozinha... significa que, tão perto do fim (a casa está quase pronta)... vou ter que me aguentar mais, digamos, umas três semanitas em casa dos papás.... rrrraaaiisqqfkkk!!!!

MAS NÃO!!! Afinal, depois de amanhã, por esta hora, já vou estar a passear em Barcelona, barcelona, barcelona, barcelona, barcelona, barcelona, barcelona, barcelona, barcelona...
bendita hora em que comprei os bilhetes!! :)

ai... doeu tanto mudar a data do contador quando já estava a cinco dias do fim...

sábado, junho 23

Shake shake, shake, shakespeare...

... vou ficar a noite toda a cantar isto!
Um Sonho de uma Tarde de verão delicioso, nos jardins dos Museus do Teatro/Traje, que recomendo a toda a gente.
Um Shakespeare light, muito divertido, numa excelente e muito bem conseguida interacção dos actores com as esculturas de João Limpinho, num agradável passeio de fim de dia pelos jardins. Adorei!!
É a segunda peça da Prepositário Azul que vejo e estou mesmo fã deles... quero mais!! :)

Há vários pedidos para que se estenda para o mês de Julho mas, enquanto não há certezas, eu, se fosse a vocês, despachava-me e ia ver, ou na próxima sexta, ou no próximo sábado (últimas representações agendadas), o bilhete é de 5,00 e podem fazer a marcação para o número 966 700 589.
Mais informações técnicas aqui e de conteúdo, aqui.
Vá... depois não digam que eu não avisei!! :)

Voltando às pequenas traições...

A Radar que me desculpe... mas nos meus automobile-zappings, ia dizer casuais, mas são mesmo causais, provocados por momentos mais mortos na estação de serviço, tenho me perdido cada vez por mais tempo no programa da Rita, na Oxigénio. Também passa rock alternativo, mas também mistura com outros géneros. Boas escolhas, boas passagens... uma lufada de ar fresco quando a Radar se torna repetitiva. Tentem ouvir um dia, e depois digam-me o que acharam.
Ó Radar... olho na menina, tem boa escola e bom gosto!! :)

E não... tenho conhecido muita gente daquelas bandas ultimamente, mas acho que não a conheço pessoalmente. :)

sexta-feira, junho 22

Obrigada por este miminho:

quinta-feira, junho 21

Se não estivesse tão deliciosamente...

... enrolada com o meu trabalho, hoje à noite ia ao Maxime dar um pezinho de dança...


Sei que o meu dia vai correr bem...

... quando mal consigo dormir, com a ansiedade que o dia comece para poder vir trabalhar... :)



Uma quinta feira produtiva para todos!!!
e entretanto o blogger aprendeu a falar português?

segunda-feira, junho 18

E o que me dizem...

... da escolha do Álbum de Família desta semana?


Eu juro que de vez em quando ainda tento espreitar outras estações de rádio... fazer uma traiçãozinha, uma facadinha pequenina à RADAR... mas assim... como é que...

Só para fazer inveja...


“¡Ya está! Tu reserva se ha completado con éxito.”


Acabei de comprar bilhetes para ir passear até barcelona!! Ah! ah! ah!

domingo, junho 17

Hoje acordei iluminada!!!

Foi assim... estava muito bem a dormir e, de repente, abri os olhos e, como quem acaba de descobrir a pólvora, partilhei com a minha almofada: Claro!! O prazer dos carrinhos de choque não está em chocar... está em fugir do choque... como uma espécie de jogo de apanhada com os amigos!!

... Não sei o que raio é que andei a sonhar, nem há quantos anos é que não ando em carrinhos de choque... mas a verdade é que acordei a sentir-me muito inteligente com esta descoberta!! :s

quarta-feira, junho 13

Fui ver este filme...



...e gostei. Um filme levezinho, para se ver num dia de tédio, com coisas giras. Ainda me tirou alguns sorrisos, identifiquei-me com muitas situações e gostei da forma como as várias relações nos vão sendo apresentadas. Só não me decidi se fico com um desgosto de amor ao ver o Ewan Mcgregor a fazer tão credivelmente o papel de gay ou se ainda fico mais apaixonada por ele, por ser tão bom!! :)






Para amanhã, não sei se ainda tenho combustível para saídas à noite e sexta tem mesmo de ser dia de trabalho, mas recomendo vivamente uma passagem pelo Music Box, para ficarem a conhecer Sean Riley & The Slowriders:

Estado de espírito do dia:

....oooooooohhhhhhhhhhhhh!!!! Tão lindo!!! :)

terça-feira, junho 12

Bora lá à sangria e à sardinha assada...

Isto este ano não bateu da mesma maneira... pudera não estou lá no meio desde os primeiros preparativos da festa, não posso trazer a mesa e as cadeiras de casa para a rua, nem contribuir com a sangria... mas mesmo assim, quero ir lá comer uma sardinha com os vizinhos, dar um pezinho de dança e brindar a que a minha casa esteja pronta DEPRESSA!!! :S

e toca o fungagá, toca o solidó... e já devo ter vizinhos novos giros para conhecer... ehehehehe!!! ;)

segunda-feira, junho 11

Tenho ou não tenho razão...

... quando digo que eles são bons?

Olhem lá o que dizem deles no JN:

"A tempestade Vicious Five

É um tumulto imenso, há corpos irrequietos e uma atmosfera de demência pacífica e positiva que escorre dentro da lona da tenda. A noite chega mas a temperatura parece subir; e tudo isto se explica no palco está a banda mais entusiasmante da actual cena rock nacional - The Vicious Five. Ao mesmo tempo, no palco principal, actuava Matisyahu, barbudo reggae judaico. Joaquim Albergaria, vocalista dos Vicious, confessa: "Passei um mês a trabalhar na minha barba para ver se competia com o gajo". E desabafa: "Amanhã ainda vou ser acusado de anti-semitismo". Piadas à parte, o grupo bombardeou 60 minutos de genuíno rock - sem corantes ou conservantes. Uma tempestade de electricidade que abriu clareiras na plateia. Houve mosh e houve "Electric youth", dedicada "a todos os pais com guita". Uma festa imensa que terminou com o vocalista a trepar os pilares da tenda, num final triunfante depois de um dos melhores momentos musicais de todo o fim-de-semana.

O Alive e o minha reconciliação com os grandes concertos e festivais...

Quem me conhece aqui da blogosfera não imagina que, se há dois anos atrás alguém me tivesse vindo dizer que eu ia a um festival de concertos, com a vontade e pica com que fui a este, eu não acreditava. Na verdade a minha vida estava tão a léguas destas coisas, que até tinha conseguido apagar da memória os concertos que tinha ido na adolescência ... Estava cheia de preconceitos, tipo, vou ficar entalada entre gente mais alta que eu (não é difícil...) pagar um dinheirão para ver cabeças, ou para ver o palco a uma distância enorme e num ecrã, mais vale gastar o dinheiro noutras coisas; já não tenho pachorra para essas coisas sem condições nenhumas de casas de banho, alimentação, etc; concertos de música, só se for em espaços pequenos, onde consiga ver bem, ter algum conforto e estar mais em contacto com as bandas...
Depois, ao perceber que não ia ter muita gente na minha festa de anos porque ia tudo para o Creamfields, lá resolvi dar a chance à coisa e comprar o bilhete... e foi o pior que podia ter feito. Quase me fez desistir dos white stripes... mas a febre entre os amigos, a blogosfera e a minha aparelhagem foi tão grande que acabei mesmo por comprar o bilhete e ainda bem!!!!
Foi uma excelente experiência, onde não me faltou nada. E a noite de ontem, foi fantástica. Os Vicious e os Wraygunn no seu melhor... e depois os Beastie Boys para terminar em grande. Foi muito bom!! Assim, quero mais!! :)

domingo, junho 10

Isto de ter amigos do rock&roll...

... e andar a falar bem das bandas aqui na Passarola, tem as suas vantagens!!

Portantos, ainda na ressaca da festa white stripes :)... programa da noite de hoje:

Jantar cedo, ir ao Alive levantar os convites, ver Vicious Five e Wraygunn no palco pequeno, ver Beastie Boys no palco principal!

Amanhã... fazer gazeta :S

sábado, junho 9

ok...

e mais esta...



com esta energia!!! Fantástico!!! :)

É HOJE!!! É HOJE!!!

... comenta a Curse ali em baixo e eu estou com ela!!

E continuando numa de ladra a roubar as deixas dos outros, roubo esta ao filipe e faço a minha...

Wish list:

Seven Nation Army, Black Math, The Hardest Button To Button, Little Acorns, Hypnotize, I Think I Smell A Rat, Offend In Every Way, The Union Forever, Fell In Love With A Girl, Hotel Yorba, You're Pretty Good Looking, Hello Operator, Red Rolling Ball Ruth, Lafayette Blues, Look Me Over Closely, The Denial Twist, My Doorbell...

... e claro...

ESTA!!!!



See U there? ;)

quinta-feira, junho 7

está quase...

...

;)

quarta-feira, junho 6

A música que a minha sobrinha de 4 meses...

... adora que eu lhe cante...



Pelo menos, consigo fazer com que ela pare de me arrancar os cabelos e esmagar as bochechas... :S

segunda-feira, junho 4

A. Cruz marca o lugar...

... colocando on line o site panoplia.awardspace.com . Já o andei a espionar e gostei muito. Gostei muito da estética, banda sonora, fotografias (fico à espera desses textos das viagens), do currículo e, claro... das ilustrações. Demora um bocadinho a fazer o loading, mas vale a pena passear por ali. Tive a sorte de o conhecer por acaso, quando fui a uma apresentação dos Soaked Lamb, e mais sorte ainda dos poucos minutos de conversa que tivemos terem seguido esse caminho. Enviou-me um portfolio fantástico e, quando voltei a falar com ele, contou-me que, entre muitos outros trabalhos, tinha acabado de ilustrar o novo livro da minha primeira mestra... a Alice Vieira (“Com Cheiro a Baunilha”). Mais um bocado de muita sorte!!
Conseguiu um tempinho para fazer umas ilustrações que me deixaram mesmo...
Aaaaaahhhhh!! Era memo isso!!! Bang!! Em cheio:Ah... ainda não vos expliquei... o Afonso Cruz é o ilustrador do meu próximo livro a sair, já no final deste mês, e estas são duas das ilustrações do interior do livro. ;)
Pelo que a editora da Verbo já me mostrou... vai ficar lindo!!!! Mais pertinho do lançamento, mostro-vos a capa. Obrigada Afonso!!!! :)

Etiquetas: ,

sábado, junho 2

Mais Pish Dolls...

... captadas pelo planeta Claudiano... aqui.
Qualquer agitação na câmara, era eu a abanar a carola na cadeira ao lado. eh eh eh!! :)

Irresistível...

...este snackzinho a acompanhar um final de dia solarengo!!

sexta-feira, junho 1

Um dom quixote tecnológico, barbies metaleiras e a 1ª guerra mundial...

Dizia eu que optava por uma noite mais calminha... pfuu, foi um três em um e uma noite com boas surpresas.
Para aperitivo, no bar do teatro, travámos conhecimento com os franceses Maestro Salvatore e o seu fiel escudeiro de imagem. Duas simpáticas personagens com ecrãs em vez de caras, que andam aí perdidas pela cidade à procura de uma dama. Valeu pelo bom humor, pela tecnologia e pela expressividade das imagens. Se hoje forem beber um copo ao Bairro Alto fiquem de olhos atentos que eles vão andar por aí.
Depois... oh yeah!!!... já cá volto...
Vou falar primeiro do Great War, um espectáculo que utiliza um décor de cinema em miniatura, brinquedos, vassouras, luvas, charutos e muito mais, para contar a história da guerra em directo. Toda a brincadeira é filmada com câmaras de vídeo digital e projectada em directo numa grande tela... e visto de fora, não parece brincadeira nenhuma. Os efeitos especiais são fantásticos a sonoplastia é muito, muito boa e tudo acompanhado de pormenores muito bem pensados, que dão realismo à história e com capacidade para criar momentos dramáticos. Para mim, o único senão deste espectáculo foi tentar esticar demasiado o horror da guerra, quer prolongando-se demasiado no tempo, quer no tom demasiado dramático que deram à leitura dos textos... ou então sou eu que ando demasiado insensível... mas fui perdendo o entusiasmo com que o comecei a ver e no fim já estava cansada. Podem ter um bocado de noção da técnica da coisa, aqui neste vídeo... mas não tem nada a ver com vê-lo ao vivo. Ainda está no Maria Matos hoje à noite, por isso, se ainda não têm planos para a noite. Aqui fica uma boa sugestão.

Agora.... vejam lá se não promete:
The Pish Dolls um espectáculo surreal e kitsc. Barbies com um tempero punk: trituradas, abertas e cortadas. Vêm com os seus melhores amigos Ken e GI-Joe. Eles não são melhores: alterados, atarracados, articulados. Estão todos em cena e aprendem os hits da cultura punk-rock.”... Só tive pena que o tempero fosse mais metal que punk... mas abanei a carola, oh yeah! Até dia 4, vão andar por aí, vejam onde. Aqui fica um bocadinho.



De resto, quero ainda espreitar a Diva, no Museu da Marioneta... calha na ressaca dos White Stripes, mas vou tentar ir ver...