passarola quer voar: Dezembro 2006

domingo, dezembro 31

Aos inícios!

Porque são sempre bons, porque nos abrem portas a novas histórias que imaginamos sempre boas.. no último minuto do ano, proponho um brinde aos inícios.
Com o novo ano começa uma nova história na minha vida. Em 2007 vou ter os meus primeiros livros editados. Três, são para o Museu das Comunicações, com histórias e actividades dedicadas aos temas das principais exposições do museu (o primeiro grande projecto em que vou trabalhar, assim que esteja curada a ressaca da noite ;) e outro, já está escrito há quase um ano e em negociações/vias de ser publicado por uma boa editora.. a ver a ver.. e há ainda outro, já escrito em esqueleto e que até ao final de 2007 quero que esteja escrito e pronto para ser um mega sucesso!!! :D Tudo para o público infantil/infanto-juvenil. Vocês vão ver se eu não vou chegar lá... eh eh

E tudo começou aqui. Este foi o primeiro conto que escrevi, em Maio de 2005, no final de um excelente curso de literatura infanto-juvenil que fiz com a Alice Vieira. Foi a primeira pessoa a incentivar-me a investir nas escritas mais a sério. Aprendi muito com ela e escrevi este conto para o ler na última aula. As referências que tem, à excepção da Magali da turminha da Mónica que é referência minha, são a livros que trabalhámos nas aulas.. se não as perceberem não é importante.. foi mesmo escrito para ali. Foi o primeiro e por isso, por mais que evolua, vai significar sempre muito para mim e é por isso que hoje o partilho convosco.

Antes de me ir engalanar para voar até Marte, onde vou receber o novo ano em grande festa.. quero desejar-vos a todos..


Um 2007 cheio de inícios de histórias com finais felizes!!!!

.. e para o primeiro minuto do novo ano, proponho outro brinde, este retirado da versão original desta música, do filme High Society..

“let’s drink to our wealth!!!” ;)

quinta-feira, dezembro 28

As primeiras despedidas do ano

E pronto!! Estou acabadinha de chegar da minha última animação do ano. Uma despedida em grande, com os filhos do pessoal do Museu, que já nos conhecem de ginjeira, que se continuam a divertir com os nossos disparates.. e a dar uma palavrinha em nosso favor aos pais que nos contratam.. eh eh eh... Foi muito bom, com muito salame de chocolate, gomas e medalhas à mistura. Adoro o meu trabalho!! Mas desta vez deixo as comemorações para amanhã para outra despedida.. as das noites de rock no espaço da R. das Taipas.
O Clube Mercado vai sair daquele espaço fantástico.. e como não sei se tenho roupa à altura.. ou principalmente, altura.. para uma bond girl.. requisito para a festa da passagem de ano e última ali, espero conseguir ir amanhã despedir-me condignamente com muitos pulos ao som the Vicious 5. O concerto começa às 22h e depois vai ser rockar a noite toda.. oh yeah!!!

Aqui fica um bocadinho para quem não conhece. Apareçam!!!

quarta-feira, dezembro 27

De ver e sofrer por mais..

.. é a nova série Heroes.. que infelizmente ainda não chegou cá.. Mas uma santa criatura, que tem já a minha gratidão eterna, está a fazer o favor de a passar para o You Tube, episódio, por episódio, dividido em pequenas partes.. e é mesmo fucking good!! Não há outra forma de o dizer. Desde a primeira série do Sete Palmos que não me sentia tão agarrada a uma série televisiva como esta. Mesmo com menos qualidade, na versão pequena e legendas em Francês.. não consigo resistir a ver o novo bocadinho que o meu novo herói coloca diariamente na sua página do You Tube..
Está aqui e vale mesmo, mesmo, mesmo, mesmo.. mesmo a pena espreitar.
Ele divide a coisa em season - que é a primeira - episode – já vai no 4º - e part – cada episódio está dividido em 5 partes.
Para ficarem já com um cheirinho, aqui fica a primeira parte, do primeiro episódio (este ainda sem legendas em francês) .. estou perdidamente viciada!!!!



Nota matinal: pesadelo da noite "the vídeo is no longer available" - tal é o grau da minha pancada, esta noite sonhei que estava a tentar ver mais episódios e não conseguia porque estavam todos a ser retirados do you tube.. nãããããããããoooooooo.....

domingo, dezembro 24

A revolta dos Pais Natal

- Ahhhhhhhh!!!
O Oto apanhou um valente susto quando percebeu que estava um vulto a trepar pela janela acima.

- Já chega!! Estou farto!! – exclamou o boneco do Pai Natal que o pai do Oto tinha colocado a enfeitar a janela.
- Não há direito!! – reclamou outro Pai Natal pendurado na janela dos vizinhos da frente. Um bocado acima na mesma rua, outro Pai Natal reclamava. – É este o respeito que têm por nós.. deixam-nos aqui pendurados, ao frio, à chuva.. como plantas trepadeiras!
- Não há condições.. eu vou sentar-me que já me doem os braços. – Decidia outro Pai Natal, enquanto a custo, por causa do peso da barriga, trepava para o telhado de uma moradia mais baixinha que ficava mesmo ali ao pé.
- Devem achar que lá porque somos do Pólo Norte estamos preparados para isto.. ai que saudades do aquecimento central da minha oficina!!! – suspirava ainda outro Pai Natal.

O Oto não podia acreditar no que os seus olhos viam..
– Óh mãe!!! O Pai Natal está a trepar para a janela... – gritou ele sem adivinhar que era o pior que podia fazer. Os pais do Oto não foram os únicos nem os primeiros a assistir às escaladas dos seus bonecos de Natal. Um pouco por todo o país, vários adultos constatavam em pânico, a invasão das suas varandas, parapeitos e telhados, por estas simpáticas figuras natalícias.
- Vêm assaltar-nos as casas! Depressa, é preciso chamar a polícia.. – foi a solução rápida de milhares de pais, de milhares de milhões de crianças que assistiram aterrorizadas a uma enorme perseguição policial que correu com todos os Pais Natal para longe das suas casas.

As crianças nem sabiam no que acreditar.. se já era difícil acreditar que o Pai Natal existia, mais difícil ainda era acreditar que era ladrão. Até porque o Oto se lembrava bem do que tinha ouvido. Como quem não quer a coisa.. e lembrando-se dos tempos longínquos em que lhe diziam que era o Pai Natal que lhe trazia as prendas.. resolveu confirmar que os embrulhos ainda estavam debaixo da árvore.

- Ahhhhhhh!!! – Novo susto, em simultâneo por todo o país. Nova reacção dos pais dos milhares de milhões de crianças: - O Pai Natal roubou-nos as prendas!! É preciso apanhá-lo!! É preciso prendê-lo!!! – Os pais armaram-se o melhor que puderam e saíram em busca dos Pais Natal fugitivos.

Isto foi demais para o Oto que sabia que a história não tinha sido bem assim. Ligou o computador e escreveu uma mensagem que encaminhou para todos os seus amigos, que encaminharam para todos os seus amigos, que continuaram a encaminhar por todo o país. As respostas começaram a chegar. A Petra, uma menina de uma cidade vizinha, viu perfeitamente as prendas a desaparecerem como por magia, no momento em que os seus pais empurraram um boneco Pai Natal que estava a tentar subir para o telhado.. Rapidamente as crianças se aperceberam que estavam a sofrer pelo mau comportamento dos seus pais e resolveram naquele minuto que deviam todas fugir de casa e ir ter com os Pais Natal fugitivos. Era importante ajudá-los a limpar a sua imagem se queriam continuar a receber presentes no Natal.
E assim foi.. quando os pais furibundos regressaram a casa, frustrados de uma perseguição sem sucesso, encontraram as casas vazias de filhos.

- O Pai Natal raptou-nos as crianças! É preciso apanhá-lo!! É preciso matá-lo!!!

Entretanto, as crianças, mais rápidas nestas coisas de jogos de escondidas, já tinham encontrado o refúgio dos bonecos fugitivos que, nem precisaram de ver para imaginar o que os pais estavam a pensar.
- Nós resolvemos já isso.. - avançou logo o Oto, enquanto retirava a sua câmara de vídeo de uma malinha que trazia a tiracolo. – Vamos dizer que estamos convosco por livre vontade, que só regressamos quando os nossos pais prometerem retirar todas as acusações que vos fizeram e, acima de tudo.. que nunca, mas nunca mais vos colocarão nessa posição ingrata de trepadores das nossas janelas.

E assim foi, o Oto gravou tudo muito bem gravado, passou rapidamente para dentro do computador de um dos Pais Natal e fez o up-load para o You-tube . Depois, crianças e Pais Natal, distribuíram-se por todos os computadores disponíveis para enviar o link a todos os seus contactos.. que rapidamente acabou por chegar aos e-mails das redacções dos principais noticiários de todo o país.

Os pais, acederam às revindicações dos filhos ainda desconfiados.. mas ficaram tão.. mas tão felizes por vê-los regressar a casa sãos e salvos, que se esqueceram rapidamente de todos os sustos, queixas e prendas desaparecidas. Esqueceram-se os pais.. mas não os filhos que, num rápido desviar de olhar, confirmaram, não só que as prendas tinham regressado à árvore.. como tinha multiplicado o número de embrulhos com os seus nomes .


Feliz Natal, blogosfera!!!!!!!!

quinta-feira, dezembro 21

Ufa lufa...

Acabei mais um período de trabalho árduo!!!! Não me queixo, o ano que está para vir, adivinho-o bom!!!! Só porque me sinto muuuuiiiiiiiitttttooooooo bem.. acho que vou beber um copo e comemorar.. ;)



o billy idol que me perdoe, dancei-o muito na adolescência (coisas da idade) .. mas gosto muito mais desta versão..

quarta-feira, dezembro 20

Hoje à noite..



Dead Combo na Music Box (antigo Texas Bar)
Cais do Sodré
A partir das 22h

terça-feira, dezembro 19

Teste de espírito natalício

Eu sei que duvidam das minhas capacidades neste campo.. mas e vocês? Conseguem deixar-se levar pelo espírito natalício e só pensar em coisas boas?
Então vamos lá experimentar. Caso ainda não o tenham feito, stopem a festarola aqui do lado direito, recostem-se nas vossas cadeiras, respirem fundo e carreguem no play. Deixem o Natal entrar.. só um bocadinho.



E então? Conseguiram? Têm o coração mais apertado e um sorriso a escapar-se dos lábios? Eu tenho! :)

Vês curse.. estou a conseguir.. ;)

domingo, dezembro 17

É Natal..é Natal..lá lá rá lá lá..

E pronto.. vou começar a entrar no espírito natalício. Já enfeitei a passarola para as festividades e, em homenagem ao tal do Natal, vou fazer um esforço para, pelo menos durante uma semana, só vos passar ideias, imagens, músicas, positivas!! Nada de sangue, palavrões, cinismo ou ironia.. é a minha promessa de Natal.
A temática por aqui vai ser mesmo a lamechice, aqueles que tiverem medo do tema.. podem regressar só depois do dia 25... Um bom Natal, se não nos virmos antes.. :)

Para os que ficaram, vou postar uma cena dum filme nhonhoca.. aquele filme de infância.. que é todo bonitinho, cantado, dançado, completamente recheado de boas intenções e que, mesmo passando a mensagem subliminar de que a mulher que luta pelos seus direitos não é uma boa mãe de família, eu não consigo deixar de ADORAR!!
Por todo o absurdo que acompanha o filme, pela possibilidade de se saltar para dentro de um quadro e dançar com bonecos animados, pelo tio que vai parar ao tecto por não conseguir parar de rir, pela colher de açúcar que ajuda a engolir o remédio.. convidei a malta da Mary Poppins a vir aqui limpar a chaminé da casa.. até calha bem, não vá o pai natal decidir visitar-me ...



ok..ok.. aqui entre nós e mais baixinho..não resisto a partilhar convosco que existe uma versão de terror fantástica deste filme.. que vale mesmo a pena espreitar aqui..

sexta-feira, dezembro 15

para começar a aquecer..

quinta-feira, dezembro 14

Amanha quero ir rockar!!!!!






















d3o.. no left, a partir das 22h

terça-feira, dezembro 12

Muito bom!!!!

segunda-feira, dezembro 11

coisas boas..

A mancha negra aumentava de dia para dia. No princípio ela não tinha ligado.. devia ser qualquer reacção alérgica a uma das coisas más com que tinha que viver o dia a dia, mas depois, espalhou-se pelo corpo de tal forma, que era impossível ignorá-la. Olhava para o espelho admirada. Estaria a transformar-se num animal? Numa espécie de Lobismulher? De onde viria aquela camada muito preta e peluda que lhe avançava pela pele? Da testa, às bochechas do rosto, às palmas das mãos e peito dos pés, já mal conseguia ver a sua própria cor. Ainda se fosse coisa de só aparecer à meia noite de lua cheia.. mas não..

Plim

.. um pequeno insecto, com formas arredondadas de mulher e asas de fada, do género daquelas que morrem se não batermos palmas, apareceu-lhe à frente dos olhos.

“Sabes o que é que se passa contigo?” – perguntou-lhe. – “ É o teu humor negro a tomar-te conta do corpo. Há quanto tempo é que já não tens um pensamento, um gesto ou uma paixão.. por qualquer coisa bonita? Queres voltar a ser normal, tens de voltar a acreditar em coisas boas..”

“pfuuu.. coisas boas!!! Eu sei o que é que tu queres.. insecto de um raio, queres é sugar-me o sangue todo, que eu bem vos conheço. Vêm com falinhas de fada e depois mal adormeço.. pimba, ferram-me o ferrão na veia e lá fico eu cheia de comichões. E não é tarde nem é cedo, para me livrar de ti” – dito isto, agarrou na embalagem de biokill e..

Plim

..transformou-se numa enorme bola de pelo preto. Sem se conseguir mexer, ver, cheirar ou tocar, nem reparou no enorme sorriso malicioso vitorioso com que a contemplava agora, a pequena fada.

Mais natal...

Hoje, a sugestão é da cristisaiote


Koop
Entrada livre
a partir das 22h
Na Arena lounge, casino Lisboa

sábado, dezembro 9

A não perder..

.. Wake Up and Smell the Coffee, no mmcafé

Ao longo dos anos, o Tiago Rodrigues tem tido uma enorme capacidade de me surpreender. A primeira vez que o vi, ou que reparei nele, já foi há 6 ou 7 anos, no palco da Guilherme Cossoul, com o Viva Zapata. A partir daí fui ficando atenta ao que ele fazia e já me tinha surpreendido em pequenas coisas. Mas nunca da forma como me surpreendeu este ano. Primeiro, como autor nas Urgências.. e agora como actor no Wake Up and Smell the Coffee. Quando começou a representar ainda pensei que ia ver qualquer coisa que já tinha visto, com um registo que lhe conheço bem, mas não. Descobri hoje um Tiago com um enorme talento para se transformar em nãoseiquantas personagens que, até eu que já o achava bom, tive que meter um “porra..” atrás do “..este gajo está mesmo bom!” .. Não estava mesmo à espera.. e foi mesmo uma surpresa boa.
Só por isso, já tinha valido a pena mas, para além disso, o texto de Eric Bogosian também é bom.. e não pensem que lá por ser uma cena à borla, no café, que é coisinha ligeira.. porque não é. Agora, se querem saber mais.. vão lá ver, toca a programar um cafézinho com espectáculo incluído no Maria Matos e depressa.. que já só está até dia 16 e, não sei se por ser Natal, é mesmo de entrada livre.

Etiquetas: , ,

quinta-feira, dezembro 7

Fucking good!!!

O I love wavs é a minha fonte de sons há algum tempo e cada vez que lá volto, fico surpreendida com a evolução que este site está a ter. Bem organizado, já tem, não só, uma grande quantidade de efeitos e brincadeiras sonoras, como músicas dedicadas a períodos festivos (por exemplo, Natal, passagem de ano ou halloween).. músicas e sons que podemos downloadar gratuitamente para usar nos blogs, em vídeos ou onde nos der na veneta..

Para além de uma excelente fonte de recursos sonoros.. ainda se descobrem waves altamente didácticas.. como esta:



Vale a pena ouvir... ;)

quarta-feira, dezembro 6

Vou ter de partilhar convosco..

.. a sugestão do faceless.. Blooooooddy mad!!!!

Os rockabye baby's..

.. já cá cantam!!



Agora o pior vai ser resistir a abri-los antes de os oferecer no Natal.
Ai ai! Acho que vou ter que escondê-los de mim.. :)

segunda-feira, dezembro 4

com fontes de inspiração deste calibre..



.. acho que ainda consigo ideias para mais uma experiência vídeota.. quem sabe, para o natal...

e quando tiverem 14 minutos de tempo.. vale a pena vir aqui espreitar a versão completa.
Descubram o que fazer nesta situação: "so you've been bitten by a zombie.. say bye to mom, kids".. e percebam porque é que a culpa é toda dos comunistas.. É mesmo muito bom!

domingo, dezembro 3

A praga.. ano.. 2084

De dia para dia, o medo aumenta naquela parte da cidade, construída onde, nos tempos da água abundante, correu um rio. Sobre a cama, ele observa a praga que conseguiu unir os homens numa guerra com sentido e que está prestes a destruí-los - as Bartaxes - Insectos rastejantes, com um comprimento de 25 centímetros e uma capacidade de reprodução à velocidade de 150 ovos por hora. A cidade está em pânico..

.. e ele sozinho, em cima da cama.

Protege-se com a embalagem do extra forte insecticida e começa a guerra. Pulveriza para a esquerda, pulveriza para a direita, para cima e para baixo.. luta para não as deixar subir, luta para as eliminar.. luta para sobreviver. Num momento, elas parecem fraquejar, perder a força, mas ele desconfia e continua a atacar. Ataca até que.. satisfeito, vê-as caírem de barriga para cima, com as patas a agitar-se no ar. Adivinha-lhes a agonia de uma morte envenenada. O espectáculo não é bonito mas o sabor é o da vitória. O movimento acaba..
Não há dúvida.. as criaturas estão prostradas no chão. Sorri, respira fundo e, ainda que de ouvido alerta, enterra-se no seio do edredão. Abraça a almofada e é tomado por um sono tóxico..

.. a almofada, o edredão, a cama.. alvos inadvertidamente atingidos pelo eficaz insecticida, não amigo do homem.

Passados alguns minutos, por baixo da cama morta, 750 ovos dão luz a 750 novas evoluções dos resistentes insectos. Bartaxe - a praga que sobreviveu ao homem.

sábado, dezembro 2

Saturday night rocks..

hoje, estou víciada nisto...

sexta-feira, dezembro 1

O primeiro 007 que vi...

.. numa sala de cinema, foi este.
E quase que podia ter feito uma nova experiência vídeota se tivesse pensado nisso antes. "Vais ver o 007?".. "pra quê? báá, é igual aos outros".. "ainda por cima num feriado.. a sala deve estar cheia".. "com um loirelo a fazer de bond" "OK"... "Eu fui" .. "sozinha".. "à sessão das sete, na minha sala de cinema favorita - a sala 4 do Monumental".. "E soube-me mesmo bem!!" "Obrigada por terem deixado a sala praticamente vazia para mim!!!"
É verdade.. este homem é um verdadeiro 007 e este filme tem muito mais que os outros. Para quem ainda não foi.. vão ver que vale a pena.
Deixo-vos aqui o genérico, com uma música que, definitivamente, foi a única má escolha do filme....